canal do youtube Luciana Telles

Não Aceite Menos do que Você Merece

Postado em Atualizado em

Um tempo atrás postei algo sobre estar a procura do amor da minha vida. Um amigo meu me escreveu e disse que encontrou o amor dele num grupo do Facebook, após um comentário sobre uma postagem. Uso muito grupos de afinidades de facebook de vendas para itens que não me servem mais. Mas, realmente nunca havia pensado em comentários de grupos de afinidades e confesso que ainda não pensei em nada específico que pudesse entrar para começar a fazer parte.

Porém, Recentemente, por curiosidade, resolvi fazer um experimento social em grupos de namoro do Facebook. Pedi acesso a 3 deles. Os 3 mais populares.

O resultado foi muito interessante! Acho que até bem surpreendente!

ZERO de EMPATIA. Por mais que eu tentasse explicar algumas observações do perfil que eu solicitei, as pessoas nem tentavam se colocar no meu lugar, do porque eu estava escrevendo aquilo.


Era um sábado chuvoso, meu programa com meus amigos tinha furado, minha filha tinha saído para uma festa, minhas dogs estavam dormindo profundamente, eu estava sem sono… Cenário perfeito para eu testar (ou, talvez pudesse falar tretar, visto o resultado!) , analisar comportamentos, respostas e reações às minhas contra-argumentações.

Eu só não esperava 2 coisas. Em 3 postagens, houve mais de 2 mil pessoas interagindo e as reações foram mais negativas do que positivas.

Digo que, das mais de 2.000 pessoas, apenas 50 tiveram empatia, apoiaram, entenderam, endossaram e parabenizaram por meu posicionamento.

O que mais me espantou foram mulheres não aceitando que uma mulher possa escolher o perfil de homem que deseja ter. Deixando claro que basta o homem chegar junto e dar carinho que está tudo ótimo.

Desculpem, mas o amor de carinho e atenção é um amor adolescente. O amor adulto, principalmente para alguém que já tenha um pouco mais de bagagem deve ter níveis mínimos de requisitos.

Precisamos prestar atenção para que padrões não se repitam. Para isso, nosso perfil precisa estar muito bem definido sim. Tanto para homens como para mulheres.

A postagem tentei fazer em tom de brincadeira, simulando requisitos para uma vaga de emprego. Afinal, é a função mais importante que posso oferecer: entrar na minha vida. Em momento nenhum ofendi ninguém, tratei mal ninguém. Pelo contrário, procurei responder a todas as críticas as razões das especificações. Principalmente com mulheres, que eram o maior foco do meu estudo.


Como resultado deste estudo social, sou obrigada a deixar salientado que:

  1. Não devemos aceitar menos que merecemos. Isso deveria ser um mantra repetido por todos nós desde pequenos!
  2. Não devemos julgar o que desconhecemos, se alguém não quer se relacionar com uma pessoa que não seja, por exemplo taxista, pode ser um trauma, uma experiência ruim e não um preconceito. Não julgue sem saber!
  3. As pessoas acham que as outras devem pensar e agir exatamente como elas querem. Somos seres únicos, com experiências únicas e por mais que tenhamos coisas e pensamento em comum com outras, teremos sempre pensamentos que poderão divergir. Um poderá ceder ao outro, ou não. Cada um pode ter a maturidade de entender o outro e seguir se se incomodar com coisas e opiniões que não interfiram tanto.
  4. Enquanto ligarmos para o que falam de nós e tentarmos nos tolir por isso, não vamos crescer e evoluir. Seja o que sua natureza lhe diz para ser.
  5. Saber escrever português é o mínimo para podermos nos comunicar adequadamente. Inclusive compreendendo textos e criando massa crítica para gerar observações sólidas;
  6. Relacionamentos criam consistência por afinidades. Você será mais próximo de pessoas cujas similaridades sejam maiores, o abismo de diferenças de pensamentos e de nível sócio-cultural numa relação próxima pode ser mortal para ambas partes;
  7. Não conseguimos mandar no coração. Isso ninguém tem dúvida. Mas podemos treinar nossa mente a não repetir padrões, mandando a mensagem correta do perfil que desejamos encontrar, assim, quando os perfis incongruentes se aproximarem, a nossa intuição acenderá o sinal vermelho e barrará na entrada, impedindo assim, o acesso ao nosso coração.
  8. Quem acha que ok aceitar uma pessoa completamente diferente como o amor de sua vida com o argumento de que os Opostos se Atraem é porque nunca experimentou encostar um fio positivo num negativo. O resultado é CHOQUE. A Lei da Atração que traz harmonia, ou seja, semelhante atraindo semelhante.
  9. Não há mal nenhum em ficar sozinha. Melhor isso que encarar relacionamentos abusivos e sufocantes. Principalmente se já temos filhos, aí o cuidado tem que ser redobrado.
  10. Não ofenda aquele que não correspondeu às suas expectativas. Outra pessoa atenderá. Outras pessoas podem estar observando o seu comportamento e você pode estar perdendo por ser rude.
  11. Não leve a vida tão a sério, saiba interpretar um tom de humor de um tom de seriedade.


Dito isso, é uma pena não poder colar o link das 3 postagens que fiz nos grupos. No total, até esse momento houve um engajamento de mais de 2.000 pessoas entre reações e comentários (positivos e negativos).

Neste vídeo do meu canal do YouTube, mostro e falo sobre o que aconteceu, algumas dicas de como devemos nos posicionar e principalmente como devemos nos comportar para não aceitarmos menos do que merecemos.

Veja o vídeo:

Siga-me nas Minhas Redes Sociais e Acompanhe Meu Conteúdo

Siga-me no Facebook
Siga-me no Linkedin
Siga-me no YouTube
Siga-me no Twitter
Siga-me no Instagram

Contribua com Nosso Blog

Se você quer contribuir na manutenção e divulgação do site, abaixo links (PAGSEGURO) para doação! Gratidão!!!!!

10 Dicas para Usar Apps de Namoro / Paquera sem Riscos

Postado em Atualizado em

Hoje nós vamos conversar sobre aplicativos de Paquera. Muitas pessoas acabam não usando com receio dos problemas de se encontrar com pessoas desconhecidas ou até mesmo vergonha de assumir que está usando.

Portanto, não deixe de compartilhar esse texto com todos os seus amigos e amigas solteiras, eles podem precisar (e muito!) destas dicas!

Solteira há quase 3 anos, com pouco tempo e não sou de balada, o uso do aplicativo foi a solução. Além disso, vejo no aplicativo uma oportunidade de conhecer quem normalmente não cruzaria no meu caminho. Pessoas completamente fora do meu Networking, mas, exatamente por isso, tornam as relações humanas mais interessantes.

Aqui no Blog já contei a saga das minhas aventuras com os crushes, em 4 partes até agora. Lógico que já tenho material para mais textos sobre essas experiências.

Vou gravar em breve um video no meu canal do you tube sobre as aventuras e os encontros mais cômicos do mundo. Assina para rir comigo!



Rir é sempre o melhor remédio.

Nestes 3 anos eu já entrei e saí algumas vezes dos Aplicativos de Paquera. Quando começo a namorar, quando encho a paciência, quando estou focada em outras atividades eu saio e fico um tempo fora. Aí quando não tenho nada melhor para fazer, acabo entrando de volta. Acaba sendo divertido ler os perfis. É cada figura!!!!!

Então, vamos deixar de enrolação e contar logo as 10 Dicas para usar os Apps de Namoro / Paquera / Relacionamento sem se lascar (muito!) rsrsrsrs. Desta forma, você vai desencalhar mais rápido e eu vou até ficar feliz por ajudar a ter mais beijos na boca no mundo! ❤


1) Não Crie expectativas!

Segundo o instituto Luluzinha de matemática estatística, você tem 1 chance em 1 milhão de encontrar o amor da sua vida no app de paquera.  Se temos 170 milhões de brasileiros, vc tem alguma chance, por menor que seja, digamos que a cada 170 encontros, 1 talvez seja o amor da sua vida. 

Eu AINDA não perdi a esperança, mas não crio expectativas deste encontro ocorrer dentro do app.  O bate papo pelo menos me mantém ocupada em dias que não tenho nada para fazer e me garante, inclusive, algumas risadas ao ler os perfis mais excêntricos…

2) Perfis.

Agora, de acordo com as pesquisas do Instituto Luluzinha de estudo sociológico e psicológico, somente 1 em cada 1000 perfis estará fora dos seguintes grupos: Suggars (Daddy, Babbies, Mommys, etc), Tarados, Casados, Psicopatas, Loucos, Carentes e Mal Resolvidos. Talvez eu ainda esteja sendo otimista com essa proporção de 1 em cada 1000…

3) Fotos 

Use fotos atuais.  Muito frustrante encontrar com o seu eu 15 anos mais velho e 50Kg mais gordo do que está na foto do perfil. Procure alguns ângulos diferentes, sério e sorrindo. De preferência sem óculos escuros. Se tiver foto de óculos, coloque fotos sem óculos. Não há nada que fale mais sobre a pessoa do que o olhar.

4) Não Fazer!

Evite fotos em grupos, é difícil identificar quem é você.

Não exponha fotos dos seus filhos.

Caras e Caretas, beijinho e bico de pato (Deixe isso para a Anita!).

Não exagere nas fotos clichês e nem coloque só fotos viajando.

Perfil sem foto, foto escura, foto que não mostra nada de você, foto distante, foto na pedra do teleférico, foto com a ex borrada, foto com a mãe, só foto de mergulho, ou de surf, sempre com o copo de cerveja do lado…

5) Tipos de fotos:

Roupas de banho, sunguinha branca nunca! – depende da intenção. Se quiser só sexo, ok. Tá com a foto certa!

Fotos de rosto visível . Fotos de corpo inteiro são muito bem vindas, desde que haja fotos de rosto clara.

6) Descrição de Perfil:

Use a descrição para falar um pouco de você, fale do que vc não gosta, cigarro, limitação de altura (se houver), se quer ou não sexo casual etc.

Seja engraçado e divertido (sem exageros), interessante sempre deixar algo para ser perguntado.  Normalmente eu coloco para se abster quem tem síndrome de mestre dos magos, que some sem avisar.  Esse é um gancho que eu dou para que pessoas interessantes iniciem o papo. Ja usei que sou aquela mulher dos seus sonhos.  Não sei o que estou fazendo aqui, me ajude a sair daqui. Esses gracejos são pins. Aproveite-os para iniciar conversas.

Descrições com erros de português são o que há de pior na face da terra! Absolutamente abominável!

Antigamente eu era contra posição política na descrição, nunca tive preconceito e aceitava os encontros com pessoas com posição contrária a minha. Hoje até prefiro que esteja escrito, já economizo o meu tempo. Realmente não consigo seguir a mesma lógica política, respeito, mas relacionamento não rola!

7) Conversas!

Seja criativo e saia do oi tudo bem fala de onde. Quando o indivíduo vem com esse clichê, já respondo: Falo de Marte!

Sério! A criatividade é tudo.

A maior parte das pessoas busca paz e alguém que as faça rir em um relacionamento. Relacionamentos com gargalhadas espontâneas são os mais duradouros. Por que não começar fazendo a pessoa rir. Você pode até não ser a pessoa mais linda da terra, mas se for interessante, será irresistível. Lembre-se disso!

8) Whatsapp:

Não peça ou dê o whatsapp sem que a conversa tenha evoluido. Bloquear é mais facil no app de paquera. Quando evolui para o celular, automatiocamente gera os contatos do instagram, facebook e etc. Existe também um fenômeno engraçado, os caras pedem o seu whatsapp e nunca mais falam. O seu celular vira um cemitério de contatos infrutíferos…

Eu dou meu whatsapp quando a conversa está fluindo e eu estou para marcar o encontro. Peço para a pessoa me adicionar, assim eu não preciso registrar o nome da criatura no meu celular. Só registro depois do encontro, como amigo ou como crush.

9) Cuidados para o Encontro

A conversa tá evoluindo.  Você a essa altura já está conversando via whatsapp e consegue stalkear nas redes sociais.  Olhe tds as redes sociais.  Veja se há consistência entre as histórias que a pessoa conta e o que posta, veja se tem amigos, se comentam e o que comentam. Se não tiver rede social, volta que é cilada! Não marque!!!!!

A pessoa tem que ter nem que seja linkedin.  Não confie em quem não tenha redes sociais, com certeza está fugindo ou se escondendo de algo!

10) O Encontro

Marque em locais públicos, onde qualquer necessidade você possa avisar ao garçom, ir no banheiro e pedir ajuda.

Deixe sempre um amigo avisado e com o telefone e fotos de quem vc vai se encontrar e onde será o encontro. Combine, se achar necessário um horário para essa pessoa te ligar e uma frase secreta para saber se está td bem.

Lembre-se: Se você não gostar da pessoa com quem você se encontrou, vc não é obrigado a absolutamente nada. Se ainda não tem certeza se gostou ou não da pessoa, marque um segundo ou terceiro encontro.

Para chegar aqui eu já me lasquei muito.

Já me encontrei com psicopata que ficou me seguindo. Já me encontrei por várias vezes com pessoas com fotos antigas. Teve um que foi absurdamente escroto, o cara era outra pessoa. Ele estava careca já (a foto tinha cabelos), com barriga de chopp (na foto ele estava com o corpo ok), com barba sem bigode, parecendo ator de filme pornô de quinta categoria. Era tão escrachado que ele levou uma rosa, presumo que para se desculpar.

Inventei que tinha trabalho para concluir e essa criatura me agarrou, tinha um bafo horrendo de cigarro. Foi uma experiência tão ruim que quase desisti. Mas, repensei em tudo que errei e comecei a acertar os gaps de segurança para não mais entrar numa fria completa.

Precisamos nos lembrar que apps de paquera não são absolutamente confiáveis. Você não sabe que pode estar atrás da telinha, cuidados são necessários. Mas, não deixo de viver.

Eu torço mesmo para conhecer alguém na “vida normal”. Enquanto o destino não resolve cruzar a minha rua na do amor da minha vida, vamos nos divertindo com os loucos e carentes dos apps de namoro.

Para quem quiser, essas dicas estão no meu canal do YouTube. E ainda conto outro caso que também me lasquei por não seguir os itens de segurança.

Siga-me nas Minhas Redes Sociais e Acompanhe Meu Conteúdo

Siga-me no Facebook
Siga-me no Linkedin
Siga-me no YouTube
Siga-me no Twitter
Siga-me no Instagram

Contribua com Nosso Blog

Se você quer contribuir na manutenção e divulgação do site, abaixo links (PAGSEGURO) para doação! Gratidão!!!!!