Hipnose

PNL, Hipnose e Desbloqueios de Traumas e Vícios

A Hipnose é, muitas vezes, mal compreendida.

Muito por conta do seu mau uso, por “hipnólogos” que mostram o lado circense do processo.

Há alguns anos me interessei muito pelo neuromarketing, usava muito, já que o conceito é promover uma conexão mais rápida com o interloctor através de gatilhos sensoriais produzidos pelas peças de marketing.

Me apaixonei pelo assunto e comecei a me aprofundar através de cursos, workshops e artigos

Do neuromarketing acabei conhecendo o PNL, a programação neurolinguística, um processo que estuda a neurociência como apoio de ajustes de gatilhos emocionais e correções de processos traumáticos.

Infelizmente, como quase tudo na vida, você acaba esbarrando com pessoas e empresas que prostituem assuntos sérios e acabam por vulgarizar vertentes de estudo científicos em prol de ganhos financeiros e sucesso rápido.

Comecei a perceber um movimento de Cursos de Coaching usando a metodologias de neurociência e PNL de forma questionável. O sucesso a qualquer custo, marketing multinível e técnicas de condução de decisão e persuasão absolutamente fora de qualquer razoabilidade.

Sim, o PNL e a Hipnose influenciam decisões, alteram o mindset e conduzem movimentos. Isso é maravilhoso, se feito com respeito e dentro do princípio basico da Hipnose: A PERMISSÃO!

Sem a permissão, todo o processo de alteração de pensamento é falho e condenável. Daí temos também a premissa do sucesso de qualquer processo hipnótico: A pessoa precisa querer e estar disposta a mudar.

E como dá certo? Simples! Através de técnicas de acesso ao subconsciente ou ao semi-consciente, acessamos a parte que está com o trauma, o bloqueio e ressignificamos esse processo.

Normalmente as crenças limitantes são formadas através de processos cíclicos de uma pseudo-autoproteção, justamente criando um fantasma psicológico, quanto mais se tenta fugir dele, mais ele se torna presente.

A reorganização mental e o ajuste de mindset são determinantes para a transformação do indivíduo, tornando processos dolorosos em lembranças sem importância.

Alguns processos de hipnose devem ser acompanhados de psiquiatra. Importante também ressaltar que a hipnose não é concorrente da análise. São processos complementares. A hipnose deve servir de apoio e não deve ser usada sem objetivo claro.

A Hipnose tem várias vertentes, inicialmente foi criada para tirar pessoas de ataques histéricos, aos poucos e com avanços de estudos da mente, consolidou-se como uma importante ferramenta de cura.

Diversas são as técnicas, hoje há pouco uso da hipnose clássica, a hipnose ericksoriana e de metáforas ganhou muitos adeptos nos últimos anos.

Hoje o ministério da saúde recorre a hipnólogos no tratamento de enfermidade e dores, mesmo em hospitais públicos, com grande sucesso em seus processos.

Atuo como hipnóloga após procurar a formação para ajudar na depressão profunda que minha filha adolescente entrou. Obtive muito sucesso e entendi que posso ajudar mais gente a entender que machucar faz parte da vida, viver na dor NÃO!

Quer conhecer mais? Eu vou adorar falar sobre o assunto!


Engatilhada

Gatilho é uma parada foda para quem tem ansiedade. Uma única palavra, gesto ou até mesmo situação pode trazer à tona um processo de colisão emocional. Eu particularmente experimentei essa sensação ontem. Analisando todo o meu histórico, o gatilho veio num copo prestes a transbordar por uma situação que já não me deixa nada confortável, […]

Era o som de quê?

Eu poderia dizer que o som foi de alarme, para que eu acordasse para mim. Mas também foi o som da despedida, silenciosa e fria… Nada falei, no fundo eu sabia. Aquele toque de telefone seria o verdadeiro chamado. O chamado da minha consciência. Não, não preciso, não mereço e não quero ser algo pela […]

Texto de Desconexão

Não que precise, eu sei que não. Talvez se precisasse fosse melhor falar e não escrever. Mas sou aquelas que as palavras escritas fluem muito melhor que as faladas… É clichê, mas não é você! Sou eu! Não foi promessa não cumprida ou algo que eu não soubesse antes de me envolver. O fato foi […]

Siga-me nas Minhas Redes Sociais e Acompanhe Meu Conteúdo

Siga-me no Facebook
Siga-me no Linkedin
Siga-me no YouTube
Siga-me no Twitter
Siga-me no Instagram

Contribua com Nosso Blog

Se você quer contribuir na manutenção e divulgação do site, abaixo links (PAGSEGURO) para doação! Gratidão!!!!!