Hipnose

PNL, Hipnose e Desbloqueios de Traumas e Vícios

A Hipnose é, muitas vezes, mal compreendida.

Muito por conta do seu mau uso, por “hipnólogos” que mostram o lado circense do processo.

Há alguns anos me interessei muito pelo neuromarketing, usava muito, já que o conceito é promover uma conexão mais rápida com o interloctor através de gatilhos sensoriais produzidos pelas peças de marketing.

Me apaixonei pelo assunto e comecei a me aprofundar através de cursos, workshops e artigos

Do neuromarketing acabei conhecendo o PNL, a programação neurolinguística, um processo que estuda a neurociência como apoio de ajustes de gatilhos emocionais e correções de processos traumáticos.

Infelizmente, como quase tudo na vida, você acaba esbarrando com pessoas e empresas que prostituem assuntos sérios e acabam por vulgarizar vertentes de estudo científicos em prol de ganhos financeiros e sucesso rápido.

Comecei a perceber um movimento de Cursos de Coaching usando a metodologias de neurociência e PNL de forma questionável. O sucesso a qualquer custo, marketing multinível e técnicas de condução de decisão e persuasão absolutamente fora de qualquer razoabilidade.

Sim, o PNL e a Hipnose influenciam decisões, alteram o mindset e conduzem movimentos. Isso é maravilhoso, se feito com respeito e dentro do princípio basico da Hipnose: A PERMISSÃO!

Sem a permissão, todo o processo de alteração de pensamento é falho e condenável. Daí temos também a premissa do sucesso de qualquer processo hipnótico: A pessoa precisa querer e estar disposta a mudar.

E como dá certo? Simples! Através de técnicas de acesso ao subconsciente ou ao semi-consciente, acessamos a parte que está com o trauma, o bloqueio e ressignificamos esse processo.

Normalmente as crenças limitantes são formadas através de processos cíclicos de uma pseudo-autoproteção, justamente criando um fantasma psicológico, quanto mais se tenta fugir dele, mais ele se torna presente.

A reorganização mental e o ajuste de mindset são determinantes para a transformação do indivíduo, tornando processos dolorosos em lembranças sem importância.

Alguns processos de hipnose devem ser acompanhados de psiquiatra. Importante também ressaltar que a hipnose não é concorrente da análise. São processos complementares. A hipnose deve servir de apoio e não deve ser usada sem objetivo claro.

A Hipnose tem várias vertentes, inicialmente foi criada para tirar pessoas de ataques histéricos, aos poucos e com avanços de estudos da mente, consolidou-se como uma importante ferramenta de cura.

Diversas são as técnicas, hoje há pouco uso da hipnose clássica, a hipnose ericksoriana e de metáforas ganhou muitos adeptos nos últimos anos.

Hoje o ministério da saúde recorre a hipnólogos no tratamento de enfermidade e dores, mesmo em hospitais públicos, com grande sucesso em seus processos.

Atuo como hipnóloga após procurar a formação para ajudar na depressão profunda que minha filha adolescente entrou. Obtive muito sucesso e entendi que posso ajudar mais gente a entender que machucar faz parte da vida, viver na dor NÃO!

Quer conhecer mais? Eu vou adorar falar sobre o assunto!


A Primavera do Brasil de 2022

Em algum lugar do passado… (será?) “Ihhh, acabaram de levar meu vizinho judeu preso. Mas eu não sou judeu, então está tudo bem!” “Agora estão levando meu outro vizinho preso dizendo que ele é judeu, nunca nem imaginei que ele seria judeu. Mas eu não sou judeu, está tudo bem!” “Pera aí, não me levem […]

A Parcialidade Imparcial

Em 2000, minha avó perdeu o único filho homem que teve, aquele que nunca saiu do lado dela e que sempre a tratou como rainha. Para minimizar sua dor, ela, uma costureira de mão cheia, começou a pegar pequenos consertos de roupa da vizinhança. Ela tinha se mudado há bem pouco tempo para um apartamento, […]

6 meses

6 meses! O relacionamento mais longo que tive desde que me separei e nem é um relacionamento… 6 meses que talvez tenha me perdido de mim. Ou quem sabe eu tenha me achado… O fato é que o pouco que ele me oferece, se torna muito, a medida que para quem nada tem, metade é […]

Siga-me nas Minhas Redes Sociais e Acompanhe Meu Conteúdo

Siga-me no Facebook
Siga-me no Linkedin
Siga-me no YouTube
Siga-me no Twitter
Siga-me no Instagram

Contribua com Nosso Blog

Se você quer contribuir na manutenção e divulgação do site, abaixo links (PAGSEGURO) para doação! Gratidão!!!!!