Vida “Normal”

Se Você Pode Sonhar, Você Pode Realizar

Postado em

No dia de hoje, quero compartilhar uma frase que é muito importante para mim.

Tão importante, que eu fiz questão de tatuá-la em mim! Sempre dei muito valor aos meus sonhos.

Quando era muito jovem, fã do Renato Russo, ouvi numa entrevista quando ele respondeu sobre sonhos e nunca mais esqueci as palavras dele:

“Se um dia eu deixar de sonhar, eu deixarei de viver, pois deles depende a minha vida!” – Renato Russo

Cresci acreditando nisso.

Minha vida é sonhar e realizar num ciclo virtuoso de fé e perseverança.

Aprendi também com que:

“Se você pode sonhar, você pode realizar!” – Walt Disney

Há alguns anos, uma pessoa muito especial, me trouxe um poema chamado SONHE SEMPRE. Esse poema fez muito sentido para mim (até hoje) já que endossou muito o que sempre vivi e acreditei. Inspirada neste poema que acabei fazendo a tatuagem.

Sonhe Sempre!

Quando o sonho florir, Não o impeça de se realizar.

Vá em frente!

Não recue adiante do que poderá viver.

Sonhe sempre …

Mas nunca permaneça na ilusão.

Siga em frente com toda força,

Faça do seu coração seu guia.

Em todos os momentos,

Mantenha sempre a esperança.

Quando todas as coisas disserem “não” a um sonho seu,

Demonstre que quem vive por um ideal

O alcançará.

Não desista nunca,

Não tenha medo de ser feliz.

Sonhe!

Pois quando se luta, Sonhar vale a pena.

(Autor Desconhecido)

Siga-me nas Minhas Redes Sociais e Acompanhe Meu Conteúdo

Siga-me no Facebook
Siga-me no Linkedin
Siga-me no YouTube
Siga-me no Twitter
Siga-me no Instagram

Contribua com Nosso Blog

Se você quer contribuir na manutenção e divulgação do site, abaixo links (PAGSEGURO) para doação! Gratidão!!!!!

Dia Mundial da Conscientização do Autismo – 02 de Abril

Postado em Atualizado em

Tenho um filho de 20 anos que é Autista.

Hoje meu filho é bem independente, trabalha e estuda e dificilmente tem dificuldades por conta de sua condição. O autoconhecimento trouxe a “cura” para ele. Digo que ele conseguiu sair da ostra para o mundo.

Existe uma infinidade de características e, digamos, níveis de acometimento da patologia. Alguns possuem comprometimento maior de suas funções verbais, sociais, intelectuais, psicológicas e motoras que outros.

Importante entendermos que, apesar das diferenças, algumas características são mais comuns, como por exemplo movimentos repetitivos, crises, medos, comprometimento da fala, instabilidade emocional e etc.

Aprenda a lidar e entender esse mundo. Você sairá muito mais rico enquanto ser-humano, quando começar a ver o mundo com a visão que eles têm.

Para entender um autista você precisa, antes de tudo, lhes dar amor.

Algumas outras questões eu aprendi lidando com meu filho autista:

  • Esqueça qualquer tipo de estereótipo.
  • A verdade pode ter várias faces.
  • A metáfora e a linguagem figurada não devem estar no nosso diálogo, muitas pessoas podem não entender o que queremos dizer.
  • Explicar de formas diferentes a mesma coisa pode fazer compreender as diversas formas de um mesmo entendimento.
  • A teoria pode ser desenvolvida a partir de várias óticas, normalmente as menos óbvias, são as que trazem resultados mais inesperados.
  • O normal é ser diferente.
  • A inteligência não é como conhecemos.
  • O fato de minha visão ser diferente dos outros, não significa que eu esteja errado.
  • Às vezes, se isolar faz parte de uma reciclagem necessária. Respeitemos.
  • Agir e pensar são dois movimentos completamente independentes. O pensamento pode te dar asas muito mais fortes na construção dos seus sonhos.
  • Acreditar é o segredo para o sucesso.
  • Que adolescentes podem ser muito mais cruéis do que os adultos ao lidar com as diferenças. Que o bullying existe e pode detonar com a autoestima de crianças especiais.
  • Movimentos repetitivos podem nos levar a perfeição. E daí se fazemos as coisas diferente dos outros? Persistência sempre.
  • Não aja de acordo com o que as pessoas esperam de você. Nada melhor do que um banho para acalmar.
  • Dormir às vezes faz com que algumas situações se tornem mais maleáveis para se resolver.
  • O sofrimento é parte de nós, principalmente nas frustrações, chorar não é vergonha, é uma forma de expor nossos sentimentos e colocar para fora os sentimentos de incapacidade.
  • O nosso caminho sempre estará em algum lugar, precisamos achá-lo.
  • O computador pode ser muito mais necessário que imaginamos, jogos de video game podem ser um grande portal para a felicidade, têm capacidades muito além da nossa imaginação, produzem muito mais conhecimento e cultura do que TV e podem estar diretamente relacionados a um futuro brilhante.

Além disso tudo, ter um filho autista, me ensinou que posso ser muito mais forte, muito mais versátil e adaptável que podia imaginar.

Me mostra todos os dias que eles são seres muito mais evoluídos que nós e que estão aqui para nos ensinar!

O dia 02 de Abril nos pede que a consciência cresça, que o preconceito diminua e que as capacidades destes seres iluminados sejam cada vez mais valorizadas, e suas dificuldades sejam cada vez mais neutralizadas por uma nova visão das diferenças…

É NORMAL (e bem legal!) SER DIFERENTE!!!!!

Siga-me nas Minhas Redes Sociais e Acompanhe Meu Conteúdo

Siga-me no Facebook
Siga-me no Linkedin
Siga-me no YouTube
Siga-me no Twitter
Siga-me no Instagram

Contribua com Nosso Blog

Se você quer contribuir na manutenção e divulgação do site, abaixo links (PAGSEGURO) para doação! Gratidão!!!!!

Post 100!

Postado em Atualizado em

Dia de comemorar! 🎉🎊🍾🎈

Cheguei ao meu post número 💯 no meu blog lucianatelles.me. 👏🏻👏🏻👏🏻

Há cerca de 5 anos, estava passando por uma fase péssima, tinha perdido o dinheiro de uma vida inteira indo empreender em Recife, tinha sido demitida alguns meses antes, por conta da crise, de um trabalho que tinha arrumado para tentar recomeçar do zero, passei então a ter muita dificuldade de conseguir outro, nunca tinha passado tantos meses sem arrumar trabalho.

Não estava nada feliz em Recife. Reclamava o tempo todo. Vivia com a nuvem negra em cima da cabeça.

Minhas postagens, que sempre foram alegres e positivas, pareciam as da Família Adams, cheias de infelicidade, rancor e tristeza.

Mas, a gente sempre tem pessoas (anjos) que acredito muito que sejam inspiradas por algo maior vindo lá de cima a falarem e fazerem coisas certas, nas horas certas.

Um amigo de escola, André Souza me chamou inbox.

Ele lembrava que eu escrevia desde a época da escola.

Quando eu tinha 11 anos, estudávamos juntos no Colégio Pedro II de São Cristóvão e eu, apaixonada estava (rs), escrevi uma carta de amor para o meu crush. O FDP do crush entregou a carta para os meninos da minha sala (o crush era de outra sala). Os meninos, inclusive o André, pediram para que o professor de história, que era hippie e quase não dava aula (pense numa cópia do Raul Seixas de cabelo mais claro) armar uma com eles sobre a minha carta.

As aulas deste professor eram sempre nos últimos tempos de sexta. Ele entrava na sala, jogava a mochila dele na mesa e dormia a aula toda. Nesta sexta ele chegou dizendo que ia ler um texto que ia cair na prova. Sempre fui de anotar tudo o que os professores falavam. Quando eu comecei a anotar, vi que o texto era MUITOOOOOO familiar.

Sim!!!! Aquele FDP estava lendo a minha carta para o crush!!!! Me expondo na frente de 45 alunos. Aquilo foi a morte para mim. Bullying??? Imaginaaa se naquela época a gente falava sobre isso!

Saí da sala com risos e gargalhadas de toda a turma. Mas, como toda ação precisa e deve ser ressignificada, ele lembrou deste episódio e obviamente lembrava também que eu continuei sendo muito entusiasta de redação e afins (menos cartinhas para crushes!!!) até nos formarmos juntos 7 anos depois e pah!, me deu a ideia de montar esse Blog.

Me explicou e eu montei o blog aqui no WordPress.

Mais de 1,5 milhão de pessoas já visualizaram meus textos e hoje comemoro o centésimo post!

Recebo quase sempre mensagens carinhosas de leitores que me acompanham nas minhas linhas mal escritas de verdade e histórias verídicas da minha vida…

Obrigada a todos que me acompanham até aqui! Sigamos em frente!!!!

E eu, que perguntei e duvidei, quem iria se interessar pelos meus textos, ao que ele respondeu

“One is better than zero!” – levo esse lema para a minha vida!

André, gratidão! 🙏🏼

Siga-me nas Minhas Redes Sociais e Acompanhe Meu Conteúdo

Siga-me no Facebook
Siga-me no Linkedin
Siga-me no YouTube
Siga-me no Twitter
Siga-me no Instagram

Contribua com Nosso Blog

Se você quer contribuir na manutenção e divulgação do site, abaixo links (PAGSEGURO) para doação! Gratidão!!!!!

Âncoras ou Guindastes, o que você tem por perto?

Postado em

Âncoras usam toda a sua força para te colocarem para baixo, te estagnam, te fixam a um ponto onde é impossível se mover.

Guindastes, ao contrário, usam a força que têm para te levantar, te jogam para o alto, te elevam, te movimentam.

Em relações interpessoais, devemos sempre nos posicionar perto dos guindastes, desta forma, conseguiremos, mesmo quando nos faltar impulso próprio, uma mão forte para nos colocar para o alto.

Ao contrário, se estamos perto de âncoras, estaremos parados, muitas vezes com nossas energias sendo sugadas por uma situação que não nos levará a lugar nenhum, a não ser, talvez (e muito provavelmente!), ainda mais para baixo!

Conheço muitas pessoas que por muito tempo ficaram atracadas em situações sem que pudessem recorrer a guindastes para lhes tirar daquela agonia.

O pior é que normalmente nós é que nos amarramos a âncoras. Achamos que não vai pesar tanto e que vamos conseguir velejar como produtos complementares, mas o que realmente acontece é que anos passam e a vida não acontece.

Sejamos sempre guindastes nas vidas daqueles que amamos e nos soltemos das âncoras que nos prendem e limitam nosso crescimento!

A vida é um sopro e podemos perder oportunidades de navegar além mar por conta de âncoras que insistem em nos amarrar.

Siga-me nas Minhas Redes Sociais e Acompanhe Meu Conteúdo

Siga-me no Facebook
Siga-me no Linkedin
Siga-me no YouTube
Siga-me no Twitter
Siga-me no Instagram

Contribua com Nosso Blog

Se você quer contribuir na manutenção e divulgação do site, abaixo links (PAGSEGURO) para doação! Gratidão!!!!!

A Teoria do Setênios e a Antroposofia

Postado em

Um filósofo, Rudolf Steiner, desenvolveu um conceito chamado antroposofia, que é a forma de ler e interpretar a vida a cada 7 anos.

  • Dos 0 aos 21 anos: fase do desenvolvimento físico. Nosso corpo vai se formando e amadurecendo. É também o período em que formamos nossa personalidade
  • Dos 21 aos 42 anos: fase das escolhas. Depois de ter vivido as experiências mais básicas, começamos a entrar, de fato, na sociedade e passamos a tomar nossas próprias decisões

A Partir dos 42 anos é a fase da maturidade. Aprendemos com as nossas escolhas e estamos prontos para encarar a vida com mais sabedoria e espiritualidade. E assim foi!

Completei 42 ano passado e, talvez, tenha sido um dos anos mais difíceis da minha vida. Ainda em março perdi minha melhor amiga, em abril minha filha entrou em depressão e minha luta começou.

Fui buscar um aprimoramento em comportamento humano para tentar ajudar minha filha e segurar a minha onda para que eu não sucumbisse ao desespero de lidar com tudo sozinha e ainda prover a casa, sem poder desequilibrar nada. Isso me ajudou a me manter firme e a descobrir na minha missão: Pessoas!

“Aprendi com minhas escolhas e estou pronta para lidar com a vida com sabedoria e fé!”.

Mas também descobri o ser apaixonante que sou (modesta também) rs. Além de linda, inteligente, amiga, companheira, um ser absolutamente dual, que consegue ter no corpo uma tatuagem nas costelas escrito FODA-SE e outra nas costas escrito SONHE SEMPRE, mostrando que a dualidade do meu EU me transforma e me dá forças para que eu consiga sempre ir muito mais além.

Me sinto na obrigação de externalizar ao universo minha gratidão, através do cumprimento da minha missão.

Fazer o bem, que o resto vem!

Agradeço a força maior que nos rege, aos espíritos guias que estão sempre ao meu lado e completo mais um ciclo em volta da Terra (43o) com força, fé e muito amor! ♥️

Siga-me nas Minhas Redes Sociais e Acompanhe Meu Conteúdo

Siga-me no Facebook
Siga-me no Linkedin
Siga-me no YouTube
Siga-me no Twitter
Siga-me no Instagram

Contribua com Nosso Blog

Se você quer contribuir na manutenção e divulgação do site, abaixo links (PAGSEGURO) para doação! Gratidão!!!!!

Pílulas de Gestão 8

Postado em

Minha filha tem 16 anos.

É bem normal a casa estar cheia de jovens de 15 a 20 anos. Sou meio a Guru da turma. A mãe legal, que dá conselhos e colo para todo mundo.

Minha filha fica até com ciúmes, pois acabam atrasando as saídas pq eles ficam batendo altos papos comigo. Ano passado fiz o assessment de alguns que iam fazer ENEM e o resultado foi maravilhoso e assertivo.

Acabei virando a orientadora de carreiras oficial da turma. O que acaba sendo muito bom. Acho que se eu tivesse tido essa orientação, teria sido muito mais assertiva nas minhas escolhas. Conhecer minhas competências naturais e meus pontos fortes para escolher a carreira da vida inteira aos 17 anos é realmente um diferencial na vida de quem tem a oportunidade de fazer esse tipo de orientação.

Ontem vieram 2 meninos aqui, um eu ainda não conhecia, ele não quis subir de elevador pq tinha medo, tb teve medo das minhas dogs. Rapidamente fiz a leitura do perfil dele. Falei 3 frases para ele. Fez sentido! Ele começou a chorar e na hora me pediu ajuda.

Tem situações que a gente, com a experiência na lida com pessoas em coaching e hipnose, começa a perceber muito rapidamente quais são as dores que sufocam as pessoas. No caso dele o medo é a externalização de uma dor muito mais profunda, que eu captei na hora o que era. Talvez por intuição, talvez por ter feito as perguntas certas ou por ter lido corretamente o perfil dele naquele momento, através dos sinais que ele me emitiu.

Combinamos dele voltar para tentarmos uma hipnose. Neste momento, a outra menina que também estava junto e que já conheço há bem mais tempo, tb disse que queria ser hipnotizada. E eu perguntei qual era a meta dela. A menina de 18 anos disse que tinha vários problemas, mas que o principal era querer só se relacionar com homens de 40 anos, para ajudá-la financeiramente! Olha que complexo!

Óbvio que vou ajudar essa menina no que eu puder, com todas as ferramentas que eu tiver disponíveis. Mas, o que mais percebo na minha função de tia-guru, é que esses jovens têm dúvidas por falta de diálogo em casa. Não sou a melhor mãe do mundo, mas sei exatamente tudo sobre meus filhos. Tenho diálogo aberto sobre todos os assuntos. Sempre os deixo com a decisão final, mas mostro os pós e contra de toda ação que eles pensam em ter.

Sempre os ensinei que seremos eternamente escravos de nossas más escolhas. Teremos que aprender a viver com elas e ressignificar a dor que elas nos causarão. Então, escolher um caminho, tem que ser feito com muita certeza e com a consciência que, se der errado, é recomeçar e tirar o aprendizado daquilo, entendendo que houve a intenção positiva que nos fez escolher aquele caminho. No Regrets! (sem arrepedimentos)

É nas nossas falhas que estão nossos maiores aprendizados.

Renato Russo estava certo. Nossos filhos nunca nos entenderão em muitas coisas. Nunca! Mas será que os estamos escutando o suficiente?

Escute e dialogue mais com seus filhos, entenda seus planos para o futuro e, sem julgamentos, apresente as possíveis consequências BOAS e RUINS de cada escolha, independente da sua vontade. A vida não é mais nossa. Nós colocamos aquela vida no mundo para que tomasse forma e voasse mais belo e forte possível, então que tenhamos a habilidade correta para conduzir esse voo de forma segura, sem que eles se percam pelo caminho.

Siga-me nas Minhas Redes Sociais e Acompanhe Meu Conteúdo

Siga-me no Facebook
Siga-me no Linkedin
Siga-me no YouTube
Siga-me no Twitter
Siga-me no Instagram

Contribua com Nosso Blog

Se você quer contribuir na manutenção e divulgação do site, abaixo links (PAGSEGURO) para doação! Gratidão!!!!!

As 5 Linguagens do Amor e a Fé

Postado em Atualizado em

Recentemente vi um filme que misturava a bíblia com o casamento, condicionando o fim do casamento a falta da Bíblia e de Jesus na vida dos dois.

Começo essa resenha com minha frase norteadora do Caminho de Deus:

A Religião te limita, a fé te expande!

Deus habita dentro de mim. Não preciso recorrer à nenhuma religião para encontrá-lo, basta olhar para dentro de mim.

As pessoas botam na responsabilidade de padres, pastores, rabinos, mestres e guias espirituais, a indicação do caminho certo a ser seguindo. Qual foi o caminho certo que Deus determinou para nós? Teimam em colocar Deus como mau, vingativo e punitivo! “Temer a Deus”. 

Eu não o temo, eu o Amo!

Concordo que os casamentos e as uniões precisam ter fé para existirem! 

Deus é bom o tempo todo! Deus nunca vai se vingar de você. Deus é amor e perdão. Nunca desfaria uma união porque não um dos dois não crê na bíblia. 

Primeiro, podemos mudar o conceito de Bíblia para Fé.  A fé é ampla.  Pode ser fé até mesmo um no outro.  Fé em si, no seu Deus interior, numa força energética maior, num poder regente. 

Fé:  Palavra pequena, que muito diz!

Se você perde a fé naquela união, ela realmente está por um fio. 

Li e reli (2x já!) um livro que fala muito de relacionamentos e como evitar o seu fim.  “As 5 Linguagens do Amor”.  Nele, o autor discorre sobre cada uma delas.  Tem um teste para saber qual é a sua e a de seu parceiro e como é importante termos ciência destas linguagem para não cometermos erros de falta de entendimento e perca de fé um no outro.

Todos temos necessidades que “enchem o nosso tanque do Amor”.

Fica muito mais fácil entender o seu parceiro quando se conhece o que é importante ele/ela. Desta forma, manteremos o tanque do amor sempre cheio!

Num relacionamento, é necessário se conjugar as PREFERÊNCIAS X PRIORIDADES de ambos. Se os vetores estão opostos, grandes chances da distância entre os dois se ampliar tanto até ser insustentável reagrupar.

Humilhar-se não é sinônimo de amor. Sinônimo de amor é amar-se. Quanto mais me amo, mais consigo externalizar esse amor e fazer com que os que estão a minha volta me amem também. Exemplo:  Quando só um se preocupa em deixar o tanque de amor do outro cheio sem a reciprocidade.  Isso é mutilação e auto-destruição.

A gente só consegue dar o que tá dentro da gente. Não é se humilhando e sendo humilhado que conseguiremos esse amor. Conseguiremos que o desrespeito seja cada vez maior. Daí a necessidade do conhecimento da Linguagem do Amor.

Agora, imagina o quão frustrante é, para uma pessoa cuja a principal linguagem do amor seja TEMPO DE QUALIDADE:  Chega em casa cansado, cheio de problemas do trabalho, a esposa já descarrega em cima dele um punhado de reclamações sobre as crianças, diz que a vizinha está enchendo o saco dela com música chata o dia todo, crianças começam uma briga na hora da janta, a casa um inferno, na hora de dormir, a mulher está irritada porque ele não está dando atenção para ela e nem para as crianças…  O que vai acontecer com esse tanque?  Estar vazio, obvio!

O resultado desta cena acima são vários:

1)  Ele conhece alguém (possivelmente no trabalho, já que passa a maior parte do tempo lá), que lhe dá atenção, diz que ele tá elegante, repara que cortou o cabelo, diz que adorou o perfume, pergunta se não quer dar uma relaxada num happy hour… Bah! Não precisa ser gênio para saber o final. 

2)  Esse homem vai ter um enfarte e morrer de tédio e nervoso. 

3)  Vai surtar e sair de casa de uma hora para outra e a esposa vai ficar sem entender o porquê…  

Assim os casamentos acabam!  Não foi falta de bíblia, foi falta de fé neles, no amor deles, no tanque de amor.

Eu venho de um processo de reciclagem de quase 2 anos. É interessante perceber o quanto que as minhas paixões antigas, hoje não se adequariam mais a mim e quanto pessoas que me desprezaram no passado, me procuram sem parar. O que sou hoje é resultado do “retroceder para avançar”.

Para conquistar alguém, às vezes, precisamos inclusive sair de cena por um tempo, nos ajustarmos e também deixar o outro sentir falta e perceber por si só o que perdeu. Volto a dizer, humilhação não pode fazer parte da estratégia de ninguém. Amor próprio sim!

O filme me fez lembrar muito meu primeiro casamento. O meu primeiro marido não me respeitava em nada. Adorava uma pornografia no computador, me humilhava na frente dos outros, me desmerecia, me destratava, era violento e rude comigo e com os filhos. Propus diversas ações para ele se transformar. Inclusive terapia de casal, conversas… Nada adiantava. Me estruturei e pedi o divórcio e a reação dele foi exatamente a mesma do filme: comprando rosas todo dia, cartões de amor espalhados pela casa, casa arrumada quando eu chegava a noite em casa.

Sabe o crédito que eu dava para isso: ZERO. Porque simplesmente eu tentei por 13 anos. Minha fé já tinha acabado! Uma pessoa que não mudou por 13 anos, não muda de uma hora para outra. Usa temporariamente uma máscara só para não sair da zona de conforto.

No fim, a mensagem é que precisamos manter nosso tanque de amor sempre transbordando de amor!  

Se não está bom e não conseguimos mudar, viramos a página e começamos a escrever um novo capítulo!

Bom Amor para todos nós!

Siga-me nas Minhas Redes Sociais e Acompanhe Meu Conteúdo

Siga-me no Facebook
Siga-me no Linkedin
Siga-me no YouTube
Siga-me no Twitter
Siga-me no Instagram

Contribua com Nosso Blog

Se você quer contribuir na manutenção e divulgação do site, abaixo links (PAGSEGURO) para doação! Gratidão!!!!!

Não Aceite Menos do que Você Merece

Postado em Atualizado em

Um tempo atrás postei algo sobre estar a procura do amor da minha vida. Um amigo meu me escreveu e disse que encontrou o amor dele num grupo do Facebook, após um comentário sobre uma postagem. Uso muito grupos de afinidades de facebook de vendas para itens que não me servem mais. Mas, realmente nunca havia pensado em comentários de grupos de afinidades e confesso que ainda não pensei em nada específico que pudesse entrar para começar a fazer parte.

Porém, Recentemente, por curiosidade, resolvi fazer um experimento social em grupos de namoro do Facebook. Pedi acesso a 3 deles. Os 3 mais populares.

O resultado foi muito interessante! Acho que até bem surpreendente!

ZERO de EMPATIA. Por mais que eu tentasse explicar algumas observações do perfil que eu solicitei, as pessoas nem tentavam se colocar no meu lugar, do porque eu estava escrevendo aquilo.


Era um sábado chuvoso, meu programa com meus amigos tinha furado, minha filha tinha saído para uma festa, minhas dogs estavam dormindo profundamente, eu estava sem sono… Cenário perfeito para eu testar (ou, talvez pudesse falar tretar, visto o resultado!) , analisar comportamentos, respostas e reações às minhas contra-argumentações.

Eu só não esperava 2 coisas. Em 3 postagens, houve mais de 2 mil pessoas interagindo e as reações foram mais negativas do que positivas.

Digo que, das mais de 2.000 pessoas, apenas 50 tiveram empatia, apoiaram, entenderam, endossaram e parabenizaram por meu posicionamento.

O que mais me espantou foram mulheres não aceitando que uma mulher possa escolher o perfil de homem que deseja ter. Deixando claro que basta o homem chegar junto e dar carinho que está tudo ótimo.

Desculpem, mas o amor de carinho e atenção é um amor adolescente. O amor adulto, principalmente para alguém que já tenha um pouco mais de bagagem deve ter níveis mínimos de requisitos.

Precisamos prestar atenção para que padrões não se repitam. Para isso, nosso perfil precisa estar muito bem definido sim. Tanto para homens como para mulheres.

A postagem tentei fazer em tom de brincadeira, simulando requisitos para uma vaga de emprego. Afinal, é a função mais importante que posso oferecer: entrar na minha vida. Em momento nenhum ofendi ninguém, tratei mal ninguém. Pelo contrário, procurei responder a todas as críticas as razões das especificações. Principalmente com mulheres, que eram o maior foco do meu estudo.


Como resultado deste estudo social, sou obrigada a deixar salientado que:

  1. Não devemos aceitar menos que merecemos. Isso deveria ser um mantra repetido por todos nós desde pequenos!
  2. Não devemos julgar o que desconhecemos, se alguém não quer se relacionar com uma pessoa que não seja, por exemplo taxista, pode ser um trauma, uma experiência ruim e não um preconceito. Não julgue sem saber!
  3. As pessoas acham que as outras devem pensar e agir exatamente como elas querem. Somos seres únicos, com experiências únicas e por mais que tenhamos coisas e pensamento em comum com outras, teremos sempre pensamentos que poderão divergir. Um poderá ceder ao outro, ou não. Cada um pode ter a maturidade de entender o outro e seguir se se incomodar com coisas e opiniões que não interfiram tanto.
  4. Enquanto ligarmos para o que falam de nós e tentarmos nos tolir por isso, não vamos crescer e evoluir. Seja o que sua natureza lhe diz para ser.
  5. Saber escrever português é o mínimo para podermos nos comunicar adequadamente. Inclusive compreendendo textos e criando massa crítica para gerar observações sólidas;
  6. Relacionamentos criam consistência por afinidades. Você será mais próximo de pessoas cujas similaridades sejam maiores, o abismo de diferenças de pensamentos e de nível sócio-cultural numa relação próxima pode ser mortal para ambas partes;
  7. Não conseguimos mandar no coração. Isso ninguém tem dúvida. Mas podemos treinar nossa mente a não repetir padrões, mandando a mensagem correta do perfil que desejamos encontrar, assim, quando os perfis incongruentes se aproximarem, a nossa intuição acenderá o sinal vermelho e barrará na entrada, impedindo assim, o acesso ao nosso coração.
  8. Quem acha que ok aceitar uma pessoa completamente diferente como o amor de sua vida com o argumento de que os Opostos se Atraem é porque nunca experimentou encostar um fio positivo num negativo. O resultado é CHOQUE. A Lei da Atração que traz harmonia, ou seja, semelhante atraindo semelhante.
  9. Não há mal nenhum em ficar sozinha. Melhor isso que encarar relacionamentos abusivos e sufocantes. Principalmente se já temos filhos, aí o cuidado tem que ser redobrado.
  10. Não ofenda aquele que não correspondeu às suas expectativas. Outra pessoa atenderá. Outras pessoas podem estar observando o seu comportamento e você pode estar perdendo por ser rude.
  11. Não leve a vida tão a sério, saiba interpretar um tom de humor de um tom de seriedade.


Dito isso, é uma pena não poder colar o link das 3 postagens que fiz nos grupos. No total, até esse momento houve um engajamento de mais de 2.000 pessoas entre reações e comentários (positivos e negativos).

Neste vídeo do meu canal do YouTube, mostro e falo sobre o que aconteceu, algumas dicas de como devemos nos posicionar e principalmente como devemos nos comportar para não aceitarmos menos do que merecemos.

Veja o vídeo:

Siga-me nas Minhas Redes Sociais e Acompanhe Meu Conteúdo

Siga-me no Facebook
Siga-me no Linkedin
Siga-me no YouTube
Siga-me no Twitter
Siga-me no Instagram

Contribua com Nosso Blog

Se você quer contribuir na manutenção e divulgação do site, abaixo links (PAGSEGURO) para doação! Gratidão!!!!!

10 Dicas para Usar Apps de Namoro / Paquera sem Riscos

Postado em Atualizado em

Hoje nós vamos conversar sobre aplicativos de Paquera. Muitas pessoas acabam não usando com receio dos problemas de se encontrar com pessoas desconhecidas ou até mesmo vergonha de assumir que está usando.

Portanto, não deixe de compartilhar esse texto com todos os seus amigos e amigas solteiras, eles podem precisar (e muito!) destas dicas!

Solteira há quase 3 anos, com pouco tempo e não sou de balada, o uso do aplicativo foi a solução. Além disso, vejo no aplicativo uma oportunidade de conhecer quem normalmente não cruzaria no meu caminho. Pessoas completamente fora do meu Networking, mas, exatamente por isso, tornam as relações humanas mais interessantes.

Aqui no Blog já contei a saga das minhas aventuras com os crushes, em 4 partes até agora. Lógico que já tenho material para mais textos sobre essas experiências.

Vou gravar em breve um video no meu canal do you tube sobre as aventuras e os encontros mais cômicos do mundo. Assina para rir comigo!



Rir é sempre o melhor remédio.

Nestes 3 anos eu já entrei e saí algumas vezes dos Aplicativos de Paquera. Quando começo a namorar, quando encho a paciência, quando estou focada em outras atividades eu saio e fico um tempo fora. Aí quando não tenho nada melhor para fazer, acabo entrando de volta. Acaba sendo divertido ler os perfis. É cada figura!!!!!

Então, vamos deixar de enrolação e contar logo as 10 Dicas para usar os Apps de Namoro / Paquera / Relacionamento sem se lascar (muito!) rsrsrsrs. Desta forma, você vai desencalhar mais rápido e eu vou até ficar feliz por ajudar a ter mais beijos na boca no mundo! ❤


1) Não Crie expectativas!

Segundo o instituto Luluzinha de matemática estatística, você tem 1 chance em 1 milhão de encontrar o amor da sua vida no app de paquera.  Se temos 170 milhões de brasileiros, vc tem alguma chance, por menor que seja, digamos que a cada 170 encontros, 1 talvez seja o amor da sua vida. 

Eu AINDA não perdi a esperança, mas não crio expectativas deste encontro ocorrer dentro do app.  O bate papo pelo menos me mantém ocupada em dias que não tenho nada para fazer e me garante, inclusive, algumas risadas ao ler os perfis mais excêntricos…

2) Perfis.

Agora, de acordo com as pesquisas do Instituto Luluzinha de estudo sociológico e psicológico, somente 1 em cada 1000 perfis estará fora dos seguintes grupos: Suggars (Daddy, Babbies, Mommys, etc), Tarados, Casados, Psicopatas, Loucos, Carentes e Mal Resolvidos. Talvez eu ainda esteja sendo otimista com essa proporção de 1 em cada 1000…

3) Fotos 

Use fotos atuais.  Muito frustrante encontrar com o seu eu 15 anos mais velho e 50Kg mais gordo do que está na foto do perfil. Procure alguns ângulos diferentes, sério e sorrindo. De preferência sem óculos escuros. Se tiver foto de óculos, coloque fotos sem óculos. Não há nada que fale mais sobre a pessoa do que o olhar.

4) Não Fazer!

Evite fotos em grupos, é difícil identificar quem é você.

Não exponha fotos dos seus filhos.

Caras e Caretas, beijinho e bico de pato (Deixe isso para a Anita!).

Não exagere nas fotos clichês e nem coloque só fotos viajando.

Perfil sem foto, foto escura, foto que não mostra nada de você, foto distante, foto na pedra do teleférico, foto com a ex borrada, foto com a mãe, só foto de mergulho, ou de surf, sempre com o copo de cerveja do lado…

5) Tipos de fotos:

Roupas de banho, sunguinha branca nunca! – depende da intenção. Se quiser só sexo, ok. Tá com a foto certa!

Fotos de rosto visível . Fotos de corpo inteiro são muito bem vindas, desde que haja fotos de rosto clara.

6) Descrição de Perfil:

Use a descrição para falar um pouco de você, fale do que vc não gosta, cigarro, limitação de altura (se houver), se quer ou não sexo casual etc.

Seja engraçado e divertido (sem exageros), interessante sempre deixar algo para ser perguntado.  Normalmente eu coloco para se abster quem tem síndrome de mestre dos magos, que some sem avisar.  Esse é um gancho que eu dou para que pessoas interessantes iniciem o papo. Ja usei que sou aquela mulher dos seus sonhos.  Não sei o que estou fazendo aqui, me ajude a sair daqui. Esses gracejos são pins. Aproveite-os para iniciar conversas.

Descrições com erros de português são o que há de pior na face da terra! Absolutamente abominável!

Antigamente eu era contra posição política na descrição, nunca tive preconceito e aceitava os encontros com pessoas com posição contrária a minha. Hoje até prefiro que esteja escrito, já economizo o meu tempo. Realmente não consigo seguir a mesma lógica política, respeito, mas relacionamento não rola!

7) Conversas!

Seja criativo e saia do oi tudo bem fala de onde. Quando o indivíduo vem com esse clichê, já respondo: Falo de Marte!

Sério! A criatividade é tudo.

A maior parte das pessoas busca paz e alguém que as faça rir em um relacionamento. Relacionamentos com gargalhadas espontâneas são os mais duradouros. Por que não começar fazendo a pessoa rir. Você pode até não ser a pessoa mais linda da terra, mas se for interessante, será irresistível. Lembre-se disso!

8) Whatsapp:

Não peça ou dê o whatsapp sem que a conversa tenha evoluido. Bloquear é mais facil no app de paquera. Quando evolui para o celular, automatiocamente gera os contatos do instagram, facebook e etc. Existe também um fenômeno engraçado, os caras pedem o seu whatsapp e nunca mais falam. O seu celular vira um cemitério de contatos infrutíferos…

Eu dou meu whatsapp quando a conversa está fluindo e eu estou para marcar o encontro. Peço para a pessoa me adicionar, assim eu não preciso registrar o nome da criatura no meu celular. Só registro depois do encontro, como amigo ou como crush.

9) Cuidados para o Encontro

A conversa tá evoluindo.  Você a essa altura já está conversando via whatsapp e consegue stalkear nas redes sociais.  Olhe tds as redes sociais.  Veja se há consistência entre as histórias que a pessoa conta e o que posta, veja se tem amigos, se comentam e o que comentam. Se não tiver rede social, volta que é cilada! Não marque!!!!!

A pessoa tem que ter nem que seja linkedin.  Não confie em quem não tenha redes sociais, com certeza está fugindo ou se escondendo de algo!

10) O Encontro

Marque em locais públicos, onde qualquer necessidade você possa avisar ao garçom, ir no banheiro e pedir ajuda.

Deixe sempre um amigo avisado e com o telefone e fotos de quem vc vai se encontrar e onde será o encontro. Combine, se achar necessário um horário para essa pessoa te ligar e uma frase secreta para saber se está td bem.

Lembre-se: Se você não gostar da pessoa com quem você se encontrou, vc não é obrigado a absolutamente nada. Se ainda não tem certeza se gostou ou não da pessoa, marque um segundo ou terceiro encontro.

Para chegar aqui eu já me lasquei muito.

Já me encontrei com psicopata que ficou me seguindo. Já me encontrei por várias vezes com pessoas com fotos antigas. Teve um que foi absurdamente escroto, o cara era outra pessoa. Ele estava careca já (a foto tinha cabelos), com barriga de chopp (na foto ele estava com o corpo ok), com barba sem bigode, parecendo ator de filme pornô de quinta categoria. Era tão escrachado que ele levou uma rosa, presumo que para se desculpar.

Inventei que tinha trabalho para concluir e essa criatura me agarrou, tinha um bafo horrendo de cigarro. Foi uma experiência tão ruim que quase desisti. Mas, repensei em tudo que errei e comecei a acertar os gaps de segurança para não mais entrar numa fria completa.

Precisamos nos lembrar que apps de paquera não são absolutamente confiáveis. Você não sabe que pode estar atrás da telinha, cuidados são necessários. Mas, não deixo de viver.

Eu torço mesmo para conhecer alguém na “vida normal”. Enquanto o destino não resolve cruzar a minha rua na do amor da minha vida, vamos nos divertindo com os loucos e carentes dos apps de namoro.

Para quem quiser, essas dicas estão no meu canal do YouTube. E ainda conto outro caso que também me lasquei por não seguir os itens de segurança.

Siga-me nas Minhas Redes Sociais e Acompanhe Meu Conteúdo

Siga-me no Facebook
Siga-me no Linkedin
Siga-me no YouTube
Siga-me no Twitter
Siga-me no Instagram

Contribua com Nosso Blog

Se você quer contribuir na manutenção e divulgação do site, abaixo links (PAGSEGURO) para doação! Gratidão!!!!!

Blog Luciana Telles também em Vídeo no YouTube

Postado em Atualizado em

✍️ Blogger (+1,5M de views)

🤪Louca

🖖 Nerdgirl

🐶 Doglover

✈️ Traveller

🐟 Pisciana

🧩 Coach de Vida, Carreira e Negócios!

👊 Foco, Força, Fé e Foda-se!

…Isso tudo aí sendo mãe e pai de 2 adolescentes, profissional, empreendedora, mulher e com um excelente senso de humor.

Já possuo este blog há alguns anos. Por insistência de meus leitores, vou iniciar o Projeto Youtube.

No canal do Youtube, seguindo a linha aqui do Blog, vamos falar de coaching, treinamento, humor, gestão, pessoas, carreira, negócios, vida, felicidade, atividades físicas, filhos, psicologia positiva, pnl, hipnose, desafios profissionais, depressão e ansiedade, marketing e operações de empresas e negócios, relacionamento, gratidão, empoderamento, dicas e truques para o dia a dia, amor e sucesso!

Se inscreva no canal, garanto um conteúdo com qualidade e boa dose de humor!

Hoje postei o primeiro vídeo com edição e pensado, roteirizado e já estruturado num processo de otimização necessário. Não perca!

Mãe e Filha: Perguntas Aleatórias

Nâo deixe de assinar o canal para acessar meu conteúdo em primeira mão.

Seguir Canal de Luciana Telles

Siga-me nas Minhas Redes Sociais e Acompanhe Meu Conteúdo

Siga-me no Facebook
Siga-me no Linkedin
Siga-me no YouTube
Siga-me no Twitter
Siga-me no Instagram