projetos

Como Fazer a Lista de Desejos para Ano Novo

Postado em Atualizado em

É comum no último dia do ano fazermos desejos de um ano vindouro com muita paz, prosperidade e amor.

É o momento em que renovamos nossas esperanças de encontrar aquela paz interior que tanto almejamos, encontrar o equilíbrio dos nossos sentimentos…

Eu particularmente uso esse dia para ficar bem introspectiva. Penso, analiso, vejo o que errei, ressignifico meus erros e projeto como devo ajusta-los para que não aconteçam mais.

O universo absorve todos os nossos desejos. Por incrível que pareça, normalmente a gente acaba passando a mensagem errada. Depois culpamos o universo, pobre coitado!

Não, a culpa é nossa!

Não sabemos pedir!

Peça direito! Peça com vontade! Peça com decisão! Sobre tudo! Sobre aquele emprego dos sonhos, sobre a saúde, sobre os filhos, sobre amor. Saiba pedir!

Quando eu peço para não ficar doente, eu to pedindo errado! Eu estou intensificando a energia da doença ao invés da saúde! Peça para ter saúde!

Quando peço para ter um bom trabalho. O que isso significa? Bom para quem, para o quê? Pode ser bom para construir relações de amizade, ser bom para aprendizado, ser bom até para fuder sua vida! Você não foi específico! Como o universo vai saber o que você quer, abestado!?

Quando definimos algo, uma meta, pense neste acrônimo:

M – mensurável

E – específica

T – temporal

A – alcançável

Mensurável – A meta precisa ter consistência, você deve ser capaz de reconhecer o momento que a alcançou. Por isso precisa ser mensurável. Qual é o indicador de ganho, de conquista desta meta? Quando você saberá que a alcançou?

Específica – A especificidade é necessária para que você não acabe levando gato por lebre.

– Eu quero um homem apaixonado por mim.

Aí aparece aquelas derrotas ciumentas, obsessivas, que não te deixam ir na esquina… ahhhhhh, mas o homem tá apaixonado! Foi o que eu pedi! Uma ova! Pediu errado!

Aumente esse sarrafo! Seja absolutamente específica do que queres! Se você não sabe o que te faz bem, quem saberá?

Temporal – Precisamos de tempo limite para uma atividade. Principalmente na determinação de uma meta, seja ela qual for. Vc precisa estabelecer um prazo. Se você não tiver atingido a meta no prazo estipulado, deve ser porque a meta foi mal dimensionada ou seus passos e planos para atingirem precisam ser revisitados e ajustados. O prazo é obrigatório para que não fiquemos toda a vida insistindo em algo que não vai rolar. Move on! Se foi, ótimo. Se não foi, ajuste a rota e bola para frente!

Alcançável – Criar expectativas irreais é burrice! É perda de tempo e não nos levará a canto nenhum. Desmotiva ao invés de se criar um engajamento.

Pense o seguinte: vc trabalha numa empresa e a diretoria estabelece uma meta surreal de vendas. Uma quantidade maior que a empresa é capaz de entregar, por exemplo. Ao invés de você se engajar e motivar para cair dentro, você vai fazer o que você sempre fez porque sabe que esforço adicional não adiantará.

Exploda a meta em objetivos menores, alcançáveis. Psicologicamente acaba também tendo um efeito bastante positivo, visto que pequenos êxitos consecutivos, trazem mais força e gana para se continuar a caminhada.

– Preciso perder 30 kg!

Diminua para 3 kg por mês por 10 meses, por exemplo. É mais tangível! Vai te dar força para continuar caminhando a medida que você começar a ver resultados alcançados!

Escreva!

Projete!

Consolide seus objetivos!

Não deixe ficar no campo do pensamento!

A partir do momento que você materializa o seu desejo, você tá dando força a ele! Você tá mostrando para o universo o quanto o quer!

Faça um projeto para o novo ano: papel e caneta. ✍️

Crie mural, bloco de notas no celular, painel de desejos no seu quarto, tarefas na agenda, post-it no espelho do banheiro… vale tudo!

🧩 Uma dica bacana para desenhar esse projeto é a técnica do 5w 2h:

What – o que é o seu projeto, objetivo;

Why – por que é importante, qual a razão de ser;

When – quando, prazo, datas;

Where – onde, em qual lugar;

Who – quem estará responsável, quem embarcará neste projeto, quem são os atores deste processo e quais papéis exercerão;

How – como será realizado, esmiuce os detalhes das ações, transforme o projeto em tarefas;

How much – quanto isso vai te custar, em dinheiro ou energia. Tem projetos que te consomem mais em energia do que em valores financeiros. Pense e análise se valem a pena por custo benefício!

Agora que você já sabe como é, papel e caneta na mão e só ação! 📝

Vai pedir um amor? ♥️

Pelo amor de Cristo, pense no que é melhor para você! Lembre-se que o amor próprio é o melhor amor que existe! Não se contente com pouco, com restos, com migalhas! Não se esqueça que você é e sempre será sua melhor companhia. Peça alguém que te faça ainda melhor! Nunca alguém para te diminuir! Não aceite menos do que você pode se dar sozinha!

É preguiçoso, ciumento, acomodado, chato, obsessivo, filhinho de mamãe, malandro, playboy, casado, galinha, louco, beberrão, moral duvidosa, teimoso ou qualquer coisa que difere das suas expectativas: VOLTA QUE É CILADA! ⛔️

Desejo…

Que você tenha a quem amar!

E quando estiver bem cansado,

Que exista amor para recomeçar! 🙏🏼

Ouse ir além! ✈️

Querer, poder, conseguir! 👊

E aí, gostou das dicas? ✅

Então me diz, o que você vai pedir para o Universo para 2020?

🍾 Feliz Ano Novo! Com projetos renovadores!

Abundância e Prosperidade sempre! 🙌🏻

Siga-me nas Minhas Redes Sociais e Acompanhe Meu Conteúdo

Siga-me no Facebook
Siga-me no Linkedin
Siga-me no YouTube
Siga-me no Twitter
Siga-me no Instagram

Contribua com Nosso Blog

Se você quer contribuir na manutenção e divulgação do site, abaixo links (PAGSEGURO) para doação! Gratidão!!!!!