Vale a Pena Fazer um Cruzeiro?

Postado em Atualizado em

Como eu sempre digo, a melhor resposta para qualquer pergunta aberta é DEPENDE!

Para mim não valeu! Vou explicar com detalhes abaixo.

A Decisão

Eu amo viajar, experienciar coisas novas, conhecer lugares e visitar pontos turísticos. Já viajei muito pelo Brasil, América do Sul, EUA e alguns países da Europa. Nas minhas viagens, sempre digo, independente se gostei ou não do lugar, é sempre melhor ter uma experiência frustrada do que não ter. Ter massa crítica para saber o que e por que gostou ou não dos lugares.

Já há algum tempo vinha nutrindo a vontade de fazer um Cruzeiro, sempre adiava pois encontrava uma super promoção para a Europa e fui adiando.

Em julho de 21 já estava pensando em que presente daria para minha filha, que iria completar 18 anos em Janeiro de 22. Para meu filho, quando fez 18, fomos nós 3 para o sul por uma semana, fizemos Beto Carrero, Balneário, Floripa. Foi uma delícia. Acredito que uma viagem numa data icônica como essa, fica para sempre na memória.

Yanne, minha filha, é muito complexa e intensa, ao contrário do Yan, que é mais na dele e pacato. Inicialmente, ela me pediu que fosse um resort com muita balada e all inclusive (sim, ela bebe feito um V8 turbo!).

Quando eu vi o preço das diárias dos resorts COM BALADAS (este item era importante para ela mais que tudo), fiquei assustada com os valores. Ai tive a grande ideia: UM CRUZEIRO!

Em comparação aos valores dos Resorts que eu estava vendo, era bem menos por dia, mais dias e mais festas. Pesquisei alguns dias e decidi comprar pela Logitravel o MSC Preciosa, 8 dias, paradas em Salvador, Ilhéus, Ilha Grande e Buzios.

O Cruzeiro seria dia 10 de janeiro de 2022. Porém, cerca de 10 dias antes da viagem, foi tudo suspenso por conta da COVID.

Inicialmente, pedi reembolso e logo fui surpreendida que perderia quase 2 mil dos 16 mil pagos, pois era a taxa de agência que não era reembolsável, mesmo no caso de cancelamento por força maior. A outra novidade era que o reembolso só aconteceria em dezembro de 2023. SIMMMMMM, isso mesmo!!!! Dezembro de 2023.

Briguei, reclamei e nada. Só se eu ajuizasse uma ação ou remarcasse. A essa altura eu já tinha até acabado de pagar o valor todo.

Neste momento, eles ofereceram de trocar por um cruzeiro equivalente com um crédito de 100 dolares a bordo e a manutenção do meu pacote de bebidas no preço que paguei (como o dolar subiu, o pacote de bebidas estava cerca bem mais caro do que eu paguei). Foi neste momento que me lasquei mais uma vez. Com a suspensão dos cruzeiros da temporada de 21/22 e as vendas da temporada 22/23, eles mandaram o MSC Seaview, um navio com o dobro da capacidade de pessoas, menos dias e parada que o Preciosa. Ou seja, paguei mais por menos.

Mas, pensei, pelo menos o navio que mandaram era mais completo, mais cheio de opções, quem sabe…

Os Preparativos

Uma ansiedade gigante, contando os dias, horas e segundos. Minha filha então, acabou que o cruzeiro de 18 anos, aconteceria 2 dias depois dela completar 19 anos, no dia 8 de janeiro de 23.

Para completar, meu filho, que até então ia com a gente, desistiu de ir exatamente 10 dias antes da viagem. Li toda a regra e tinha 2 opções, receber 10% do valor pago por ele, ou substituir por qualquer pessoa por 90 reais (prazo de substituição de 6 dias úteis antes do cruzeiro), ou seja, exatamente no dia que ele desistiu.

Depois de xingar um monte, parei para conversar com a minha filha, queria levar alguém que ficasse comigo, que me fizesse companhia. Ao que ela prontamente disse que não, que era o aniversário dela, que bla bla bla bla bla.

Adolescente é o cavalo do satanás de asas, então ou você parte para o embate 24h por dia ou encarna o Pagodinho e vive no estilo “deixa a vida me levar”, e eu já estava levando tantas porradas desta viagem, que achei melhor não discutir. Ela escolheu uma amiga dela, que quando ligamos ficou mega feliz, perguntou varias vezes se era pegadinha.

Preparativos mode on, um semana antes, nada do voucher chegar. Tudo muito mal comunicado. quando o voucher chegou eu li integralmente umas 3 vezes para saber o que podia ou não levar e sobre procedimentos de COVID. Não estava escrito em nenhum lugar sobre a obrigatoriedade do teste de covid. Estava escrito que a equipe médica poderia escolher algumas pessoas para fazer o teste.

O Embarque

O embarque é uma confusão, pouca informação, ficamos iguais a perus doidos dentro do navio.

A única coisa que exigiam era um seguro de saúde que cobrisse COVID, que inclusive era vendido por eles a um valor de quase 300 reais. Fiz pelo meu cartão e foi 69. Pozé!!!! Sem comentários!

Fui despreocupada com o exame de covid. Chegando lá, uma fila gigante para despachar a mala e depois para entrar na sala de embarque, que tinha gente para dar com o pau, ficamos sentadas mais de 1 hora e meia aguardando nossa senha e… exigiram a porra do exame de covid. Não adiantava brigar naquele momento, paguei os 90 reais por exame e embarcamos. Estou esperando minha nota fiscal até hoje é nada!

Por que não aproveitaram as quase 2 horas que as pessoas ficam na sala do embarque para passar informações, mapa do navio?

Detalhe que chegamos para o embarque 11:30 e já eram quase 17h quando efetivamente entramos no navio, estávamos sem comer ou beber nada. Por um acaso descobrimos que um restaurante do navio estava servindo almoço. Comemos e descobrimos que nosso jantar seria 1 hora depois que almoçamos e não tinha como mudar. Quem determinou o horário da nossa janta? Eles!!!!

A Cabine

Minha cabine era para 3 pessoas, era interna e não tinha nem janela. Até ai tudo bem, porque a ideia era não passar muito tempo por lá mesmo.

Tinha uma cama de casal e uma beliche acima da cama.

O espaço de circulação e o armário bem ok e meu maior medo se as malas iriam ocupar o espaço da gente, foi rapidamente mitigado porque realmente é muito bem pensado.

O que eu achei muito ruim é que a roupa de cama fedia, tinha um ranço de suor, sabe? A limpeza é questionável.

Logo que embarcamos, o autofalante pediu para que fôssemos para a cabine para assistir ao video de segurança. Não conseguimos ver e eu já desgastada pelo tempo perdido, cheia de fome que estava, digitei o numero que tinha assistido ao video, fui até o check point e procurei um lugar para comer.

Refeições

São 3 turnos de jantar e eu havia solicitado o segundo (18:30 / 20:30 / 22:30).

São 2 os restaurantes de jantar, já vem marcado no seu cartão de embarque o restaurante, o horário e a mesa. Estes 3 itens serão sempre os mesmos até o final de sua viagem.

Bom, o almoço sempre é bem fraquinho, são 2 opções de restaurante (8o e 16o andares), são buffets com pizza, cachorro quente, hamburguer, saladas, sanduiches, massa, arroz, legumes e alguma opção de proteína (frango, carne de porco, peixe e raríssimas e limitadas vezes carne de boi), que fica aberto de 6:30 da manha (com o buffet mais focado em café), às 11:30 eles já mudam para almoço e ficam abertos até 2 da manhã.

Desta forma, comer melhorzinho era na janta, que apesar de pouca coisa (o prato já vem servido – a partir de um cardápio, você escolhe uma entrada, um prato principal e uma sobremesa), era um pouco mais saboroso e com opções mais interessantes.

A comida tem sempre o mesmo gosto… de isopor!

Hack: Sabe os restaurantes do jantar, eles também servem almoço! Mas é só por uma hora e não tem lugar marcado. É sujeito a lotação e precisa verificar no local o horário de ele abrirá. Eu demorei de saber disso e o almoço padrão, do buffet, me enjoou demais. Estava comendo só pizza praticamente porque todas as outras opções disponíveis tinham gosto de nada!

Bebidas

Já disse que fiz o pacote de bebidas, fiz o intermediário. Cada refrigerante é cerca de 3 dólares, cervejas e drinks de 7.50 a 9 dólares, whisky e bebidas mais elaboradas de 9 a 13 dólares. Meu pacote dava direito a bebidas até 9 dólares.

O ruim é que o pacote escolhido precisa ser pago para todos os membros da cabine. Então, para mim ficou praticamente zero a zero, pois bebia 3 a 4 caipirinhas + 2 ou 3 refrigerantes por dia. Mas para minha filha e a amiga, que beberam como 2 vikings, valeu demais. O pacote que eu comprei é 35 dolares por dia por pessoa da cabine. Acho que depois delas, a MSC vai recalcular esse valor por dia, pois o prejuizo que elas deram foi grande. E tipo, total flex. Yanne já cordava com a cerveja, passava pela Tequila, vodka, whiskey de amigos, gim e fechava a noite com a cerveja porque os bares fechavam às 2 da manhã e o bar da balada fecha às 3h e eles montavam um farnel nos baldes de gelo para aguentar até às 6 da manha… Oops, acabei de dar um bizu para a MSC…

Já que estou hablando mesmo, vai mais essa dica… quem for com grupo de mais de uma cabine, consegue tranquilamente fazer o pacote de bebidas para uma cabine e pegar para todo o grupo. Não há controle nenhum sobre os pacotes.

Mas as Bebidas são sempre quentes, ruins e às vezes intomáveis. Por exemplo, foi a pior Pinacolada que eu já tomei na minha vida. Os drinks são fracos e ruins. Me achei na Strawberry Caipirinha e fiquei por ai a viagem toda, pois não bebo cerveja. Tem muitas opções de cerveja e para quem é bebedor de cerveja profissional se dá bem porque é quase tudo servido a temperatura ambiente. Tem uma dica de pedir o balde de gelo, mas é super limitado, acaba cedo.

Dando Ruim…

Embarcamos no domingo e na segunda fui tomar café às 6:30 da manhã, com minha filha e a amiga que estava chegando da balada e já tive indícios de como seria INCRÍVEL minha estadia (contém ironia). Um coroa “que nem que eu”, só que metido a Vovô garoto, no auge de seus 43 anos e andando com a galerinha teen, estava no restaurante tomando o café também virado, estava na mesma balada que a minha filha. Eis que, a criatura vira para mim e me chama de TIA. Sim, de TIAAAAAAAAA. Eu com 45 anos fui chamada de tia por um barbado de 43 anos às 6:30 da manhã do dia seguinte ao embarque!!!!!

Se já estava no ritmo de festa estranha com gente esquisita, comecei a considerar o Tchau, I have to go now…

Obvio que isso já mostrou que nada mais daria certo.

Camarão que dorme a onda leva

Bom, já disse que esse navio tinha o dobro da capacidade dos que costumam vir para o Brasil, né. Pozé… Quando estávamos em alto mar, as piscinas e atividades ficavam mais cheias que Copacabana em dia de feriado.

Como o dia depois do embarque é de alto mar e estava chovendo, vocês conseguem imaginar o verdadeiro inferno que as partes internas estavam. Coloquei meu biquini e fui me sentar numa espreguiçadeira na piscina do deck pincipal. O lugar perfeito para eu meditar e não continuar manifestando a vontade de matar o filho da puta que me chamou de tia.

Coloquei meu fone, minha meditação e fiquei ali por umas 3 horas. Estava com calça e blusa em cima do biquini. A chuva parou e mesmo com o céu nublado, eu resolvi passar protetor. Quando fui tirar a blusa, a surpresa… eu estava uma mistura de camarão com Hell Boy.

Subi para a cabine e chorei de desgosto o resto do dia, até a hora do jantar, quando me arrumei igual a Jessica Rabbit (Uma cilada para Roger Rabbit) e fiz o Peter Pan que me chamou de tia ver que tia é a mãe dele! Sou dessas!!!!!

Passada a raiva… e a vingança, hora de ver o que tem para fazer neste trem, digo, navio…

As Atividades (ou falta delas)

O teatro????? Pequeno e sempre lotado. Não consegui ir a nenhuma apresentação! Apenas 2 apresentações por noite. Absolutamente insuficiente para a população do navio.

Teve a programação de 3 festas:

Noite do Capitão… piada… Um monte de gente amontoada nas escadas centrais para serem apresentadas aos responsáveis por Turismo, pela navegação, pelas lojas, por bla bla bla… Meia hora e xau pro louro. As mais carentes que eu, gritando histéricas pelo Capitão… Que fetiche mais SOS, mulheres ao mar.

White Party: Essa até teve um espaço melhor, pois foi no deck principal do navio, mas não tinha como beber nada. Estava bem quente e os bares lotados, sub dimensionados para a quantidade de pessoas no navio. A visão do inferno. Não tinha onde sentar, os banheiros com filas intermináveis. Nem agua tinha como pegar facilmente. Um horror!

A terceira foi prometida que seria a Festa das Flores mas, se teve, nem vi acontecer.

Para conseguir algum lugar no sol, ou no meu caso, na sombra, precisava chegar antes das 8 e demarcar território. Aliás, os madrugadores dos grupos ficavam responsáveis por demarcar o território da galera. Eu chegava solitária com minha humilde toalhinha e já via um mar de toalhas e 3 ou 4 criaturas guardando os espaços.

Isso me lembra de outro assunto… Para mim, tudo foi uma merda. Por que? Por conta do meu perfil. Cruzeiro é maravilhoso para famílias, para terceira idade, para grupos grandes e para jovens. Minha filha, por exemplo, virou todas as noites, ela dormia diariamente de 8 às 11 da manhã. Ela curtiu, ela e a amiga dela. E Eu penei!!!! Me xinguei todos os dias!

Mulheres solteiras de meia idade que viajam sozinhas e não conseguem fazer amizades com facilidade e nem sejam vovós garotas (numa clara alusão aquele energúmena que me chamou de tia – não, eu não superei), não façam Cruzeiro!

A Noite dos Solteiros

Sim! Teve uma noite em um dos bares A NOITE DOS SOLTEIROS… OBAAAAAA, me enchi de esperança. Quando adentrei ao recinto, só tinha casais (!!!!) e um rapaz (Americano) aparentando uns 28 anos. O cicerone do super encontro dos solteiros nos apresentou, trocamos algumas palavras e obviamente faltou assunto. Que coisa mais estranha!!!! Além do que, tentem visualizar a cena. Eu entrando e o cicerone gritando “que bom que você chegou porque aquele nobre rapaz estava te esperando”. Tipo, tem certeza, querido??? Todos do recinto me olharam imediatamente. Gente, socorroooooooo. A vida do solteiro é muito difícil!!! Humilhante até…

Geral

Me senti um passarinho preso na gaiola dentro do navio, sem ter o que fazer, com quem conversar ou com o que me distrair.

Tudo muito caro no navio. Como eu não estava propriamente de Férias, precisei adquirir o plano de internet. 90 doletas!!!!! 500 reais por 6 dias de internet!!!! Resolvi usar o crédito de 100 dólares que ganhei por remarcar e não cancelar. Porém, os abençoados dividiram esse crédito para as 3 pessoas da cabine e eu levei 2 horas e meia na fila para resolver isso!!!!! Cansativo!

A sala de jogos era paga, boliche, tirolesa, cinema… e tudo muito caro! Meu lado Tio Patinhas só permitiu a internet porque era uma questão de trabalho… e de sobrevivência para aguentar os dias passarem.

Epílogo

Nas paradas: Salvador, Ilhéus e Ilha Grande não quis sair porque, além de conhecer os lugares, ia descer sozinha????

No 2 últimos dias, a minha filha ainda me apresentou à família de um dos meninos que ela conheceu, e foi melhor. Pelo menos saí de dentro de mim.

Faltou organização, comunicação, atividade. integração. Faltou espaço!

_ Não é possível, deve ter algo que você tenha gostado, Luciana…
_ Teve, quando acabou!

O que eu não entendo é que muita gente comentando que já era o quinto, o décimo, o vigésimo cruzeiro que estavam fazendo. Para mim foi o primeiro e possivelmente o último!!!! Valha-me Deus!!!!!

O dinheiro que gastei, ia para a Europa e curtiria muito mais!!!! Ok que várias pessoas falando que foi o pior Cruzeiro que fizeram, que a lotação, a comida e as atividades de animação foram absurdamente ruins. Na dúvida, eu não vou gastar dinheiro de novo.

Resumo: que merda! Fim!

Fotos e Recordações (pelo menos bonita eu estava!)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s