Bem-Vindos ao Futuro da Mobilidade Urbana

Postado em Atualizado em

O Futuro dos Estacionamentos está no conceito de mobilidade urbana. Transformar espaços e conjugar com o macro ambiente social das cidades. O projeto das cidades inteligentes, integradas com modais diversos e serviços que complementam às atividades urbanas em núcleos estrategicamente posicionados para servir e atender a toda a comunidade do entorno, criando um HUB de mobilidade e de facilidades.

mobilidade transforma espaços em organismos vivos de logística, inovação facilities e experiências positivas para usuários de todo esse aparelho.  Comodidade para moradores e trabalhadores que passam bastante tempo parados em um determinado local. A parada se torna estratégica e muito melhor aproveitada, já que os serviços agregam no espaço.

Todo esse processo, traz ganhos para clientes e fornecedores, visto que amplia a percepção de tempo de um e a rentabilização de outro. Este é um dos pilares conceituais da mobilidade urbana: maximizar recursos em prol de um melhor aproveitamento do espaço urbano e seus recursos.

Nos hubs de mobilidade, através de projetos bem elaborados, os players de mobilidade vão muito além de suas atividades fins, eles se tornam centros agregadores de fomento de negócios e desenvolvimento econômico regionalizados.  Um serviço complementando ao outro.  O cliente de um poderá ser o cliente do outro.  Essa troca exponencia a captação de leads com um nicho absolutamente coeso.

A verticalização dos serviços desenvolvidos nestes Hubs de mobilidade, ampliam a função de espaços urbanos pouco aproveitados, transformando-os em pólos geradores de emprego e renda.  Uma grande oportunidade para empresários de todos os tamanhos.

O Legado Olímpico, o bônus e o ônus da aceleração do desenvolvimento urbano

O Rio de Janeiro viveu um ápice de desenvolvimento econômico, urbano e social entre 2014 e 2016.  Alguns jogos da Copa e logo depois a preparação de toda a cidade para receber integralmente os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016.

A cidade ganhou muito em termos de mobilidade nesta época.  A transformação de alguns espaços foi inimaginável, como a Praça Mauá, que antes era uma área de baixo meretrício, escondida debaixo de um elevado (Perimetral) e se transformou num dos espaços mais visitados e bonitos da cidade, cenário de diversos eventos, shows, feiras, além de ser uma ótima área para atividades esportivas.

O setor de Real Estate e a construção civil avançaram muito em termos de tecnologia, arquitetura, organização urbana e o desenvolvimento de novos modais para a cidade não ficou para trás, 2 tuneis (Marcelo Alencar e 450) posicionados estrategicamente e que reduziram significativamente o tempo entre núcleos de turistas (aeroportos e rodoviária).  Não podemos deixar de citar o legado de modais: BRT, que trouxe rapidez e aumento da capacidade (hoje sucateados, mas que na época de seu lançamento parecia um sonho para os usuários), o aumento da capilaridade do Metro, principalmente com a tão sonhada estação da barra da tijuca, o VLT (veículo leve sobre trilhos) que com certeza trouxe uma fluidez, conforto e charme para o centro do RJ, o surgimento de aplicativos de transporte, de patinete, bicicleta…

Em 2016, o Rio de Janeiro estava fervendo, estacionamentos cheios, hotéis com lotação máxima, turistas, negócios eclodindo por toda a cidade.  Mas, tivemos eventos que eclodiram junto com toda essa prosperidade.  Casos de corrupção dos governantes do estado, empresários de peso envolvidos em escândalos.  Muitos deles presos e suas empresas sucumbiram a esses escândalos.  Em 2017, o Rio sucumbiu junto.

Os espaços de estacionamento, que até então estavam vivendo sua época de ouro, começaram a ficar esvaziados, principalmente no centro da cidade, o ponto central dos novos modais e do fechamento de atividades empresariais.

Os estacionamentos podem (e devem!) ser aproveitados muito além de simples áreas de parqueamento. A gestão de estacionamentos deve estar integrada para o propósito de transformação destas áreas em Hubs de mobilidade.  Há uma infinidade de possibilidades compatíveis com a atividade de estacionamento de veículos, opções inclusive que vão muito além do segmento automotivo.

É uma associação bem lógica conjugar estacionamento com lavagem automotiva e, com certeza, esse é um casamento que vem dando certo.  As chamadas Lavagens ecológicas, que usam pouca água e não agridem e nem contaminam o solo com produtos tóxicos, veio com o approach de sustentabilidade e comodidade para quem quer aproveitar o tempo que o carro está parado para higienizá-lo.

A quantidade de estacionamentos que agregou serviços de lavagem e estética automotiva vem crescendo cada vez mais.  Mas, como já citado, essa é uma associação lógica.  E se pensássemos fora da caixa?

estacionamento não atende somente o setor automotivo.  Verticalizando e ampliando o guarda-chuva do segmento, a logística pode nos dar opções muito diversificadas e ainda assim complementares com a atividade de estacionamentos.

A Pandemia e o novo normal

Com a COVID19, o mundo mudou, se organizou de forma diferente.  Paramos!  Mas, não foi para estacionar.  Foi para repensar num novo normal.  Mesmo depois de mais de 1 ano que tudo começou, ainda estamos entendendo como será esse novo normal.

Uma coisa é certa, na pandemia ficou latente a necessidade de reinvenção e até mesmo de reinterpretação dos negócios.

Certamente, a logística foi um dos setores que mais teve que se desenvolver neste período.  Ou as empresas reaprendiam a comprar, vender e entregar, ou provavelmente morreriam.  Os lockdowns mostraram que nada é mais imprevisível que uma doença que paralisa o mundo e deixa sem saída para o comércio tradicional.  A logística foi a grande aliada neste processo de redenção do varejo.

Os serviços de estoque, produção e entrega precisaram se potencializar, melhorar processos, enxugar custos, dinamizar resultados. A logística evoluiu 10 anos em 1.

Quantas e quantas oportunidades não se (RE)criaram a partir de toda essa nova (e dura) realidade? Mas, como diz o ditado, “um mar calmo não faz bons marinheiros”.

O mar está agitado, estamos justamente aprendendo com essa intempestividade.

A redução natural de circulação de pessoas e veículos nas ruas, promoveu uma consequente ociosidade acentuada nos espaços de estacionamento, o que trouxe uma redução obtusa nos resultados financeiros do setor de parqueamento.

logística, o delivery e serviços agregados se tornaram um negócio interessante para os estacionamentos.

Uma grande oportunidade para os dois lados, na verdade.  Os estacionamentos com espaços ociosos e precisando de receitas de um lado e de outro, o segmento de logística precisando de capilaridade, dinamismo e economia para atender à crescente demanda. Um negócio plug and play.

Os estacionamentos começaram a ser procurados por empresas de logísticas e têm se tornado importantes pontes logísticas, estrategicamente localizados para atendimento de regiões de grande demanda.

O futuro chegou!

Ele não chegou da forma como gostaríamos. Veio cheio de dúvidas, dor, medo…  Mas a gente precisa se adaptar. Grandes passos e descobertas da humanidade foram dados em momentos de crise.

Nós, da Porto Estacionamentos, entendemos a necessidade de nos adaptarmos.  Nos tornamos uma empresa geradora de negócios e oportunidades para mobilidade urbana.  Desenvolvemos hubs de mobilidade com serviços que agregam em nossos espaços de estacionamento.

Trazemos para nossos parceiros e clientes, projetos customizados para um melhor aproveitamento dos espaços, conjugando a localização do empreendimento, seu mix, o perfil de compras e de público da região, do estacionamento e do entorno, conseguindo com isso uma maior rentabilidade e maturação mais rápida dos nossos negócios.

Porto Estacionamento, mobilidade, rentabilidade e gestão por excelência!

DISK PORTO – 0800 262 9000

Texto por Luciana Telles, Diretora Comercial e de Marketing da Porto Estacionamentos.

Texto originalmente postado no Blog da Porto Estacionamentos

Siga-me nas Minhas Redes Sociais e Acompanhe Meu Conteúdo

Contribua com o Blog

Se você quer me ajudar a manter esse Blog e meu trabalho voluntário, ajudando pessoas das minhas redes sociais através de atendimento de Consultoria de Carreira, Coaching de Vida e Negócios, Assessment, Constelação Familiar e Sistêmica e da Hipnose.

Os dados para contribuição estão logo abaixo. Toda ajuda é super bem-vinda!

Espero continuar esse trabalho por muito e muito tempo.

Gratidão! ❤

Contribua Através dos Link do PicPay ou QRCode do Pagseguro ou Depósitos Banco Itaú, Caixa Econômica ou Banco Neon :

Ou para Depósito em C/C, favorecida Luciana Telles:

Itaú: Agência 7040 / Conta 04911-1

Banco Neon: Agência: 0655 / Conta: 6571920-4

Caixa Econômica: Agência 0678 / Ope 001 / Conta 27619-2

Se você não puder contribuir com valores, clique nos anúncios deste site. Já é uma grande ajuda!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s